Lista de presentes: o que pode ou não pode na hora do casamento?

Um dos itens mais importantes de um casamento e recheado de regrinhas de etiqueta é a lista de presentes aos noivos. O que comprar? Onde levar? De que maneira entregar? São muitos os questionamentos feitos pelos convidados, mas, também, pelo casal que está preparando o grande dia. De acordo com Renan Loureiro, gestor comercial do Tsuru Centro de Eventos, não é mais elegante, como se fazia antigamente, levar o presente no dia e local da festa. Mas, então, o que é preciso fazer?

(Foto: Pixabay)

“Quando somos convidados para uma festa de casamento, é de bom tom oferecer um presente, uma lembrança, para os noivos. Entretanto, apesar de serem elaboradas as listas de casamento, hoje em dia é possível comprar algo mais acessível, dentro do orçamento de cada pessoa, até mesmo algo que não esteja incluído entre os itens”, afirma Renan. Isso porque, na grande maioria dos casos, as listas de casamento se convertem em créditos aos noivos, que escolherão o que melhor se adequar à realidade de casados.


Se o convite foi apenas para a cerimônia religiosa, Renan orienta não ser necessário comprar um presente, mas, oferecer um arranjo de flores é o ideal. “Entretanto, muitos noivos têm preferido realizar a cerimônia no mesmo local da festa, como é o caso do Tsuru. Então, nesses casos, é importante comprar um presente”, diz. Mas, ele alerta: “não traga o presente quando vier à festa. O ideal é mandar entregar na casa da noiva. Ou nos pais dela, se ela não morar na mesma cidade. E se você se esqueceu de comprar ou não deu tempo, então entregue nos pais dela no dia seguinte à festa”, ressalta.


E se os noivos não moram na mesma cidade ou logo depois do casamento irão se mudar? Principalmente se for para fora do país, o ideal é oferecer uma quantia em dinheiro. O mesmo vale para noivos que já têm casa montada, com móveis e tudo o que necessitam. “Atualmente, muitos casais que vão oficializar a união já moram juntos e já têm tudo o que uma casa precisa. Então, para eles e para os que vão se mudar de cidade ou país, o ideal é oferecer uma quantia em dinheiro. Basta pedir o PIX ou os dados da conta e realizar um depósito espontâneo”, orienta Renan.